Bolsa de Investigação no Projeto B2B4I, Faculdade de Letras Universidade do Porto

Encontra-se aberto um concurso para a atribuição de uma bolsa de investigação para mestres de qualquer área científica, inscritos num doutoramento ou mestrado na área de Geografia e Ordenamento do Território, ou ainda para mestres da área de Geografia e Ordenamento do Território, que se encontrem inscritos em cursos não conferentes de grau académico. As atividades serão desenvolvidas no âmbito do Projeto “B2B4I – Interações de inovação Bench-bedside, Bedside-bench: abordagem geográfica multinível das redes centradas no papel dos hospitais” (POCI-01-0145-FEDER-031686), em curso na FLUP, cofinanciado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI), através do Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, nas seguintes condições:

1. Área(s) Científica(s): Geografia.
2. Requisitos de admissão:
Podem candidatar-se a esta bolsa todos os indivíduos maiores de idade detentores dos seguintes requisitos, em alternativa, comprovados documentalmente:
–    Mestrado em qual quer área científica e inscrição num curso de doutoramento ou mestrado em Geografia e Ordenamento do Território ou similar.
–    Ou, Mestrado na área da Geografia e Ordenamento do Território, e inscrição em cursos não conferentes de grau académico.

*Caso a habilitação tenha sido conferida por instituição de ensino superior estrangeira terá de ser reconhecida por instituição de ensino superior portuguesa, nos termos do disposto no art.º 25 do Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16 de agosto, que aprova o regime jurídico de reconhecimento de graus académicos e diplomas de Ensino Superior, atribuídos por instituições de ensino superior estrangeiras e na alínea e) do n.º 2 do artigo 4.º do Decreto-Lei nº 60/2018, de 3 de agosto, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até à data do ato de contratação.

3. Condições de preferência:
a)    Currículo na área da geografia, do planeamento urbano e do ordenamento do território;
b)    Formação e experiência na utilização de sistemas de informação geográfica;
c)    Experiência na construção e tratamento de bases de dados (tabulares e geográficas) e na elaboração de cartografia temática e infografia;
d)    Possuir competências avançadas na análise de redes sociais e na utilização de métodos de estatística multivariada (nomeadamente para análise de dados qualitativos).

4. Plano de trabalhos:
As principais tarefas a desempenhar no âmbito da bolsa serão:
•    construção e aplicação de inquéritos online;
•    construção de bases de dados tabulares e geográficas;
•    representação cartográfica diversificada (dinâmica e interativa);
•    construção de base de dados relacionais e análise de redes sociais;
•    apresentação de resultados em conferências/seminários;
•    construção de textos para relatórios e artigos em revistas.

5. Legislação e regulamentação aplicável:
Estatuto do Bolseiro de Investigação, aprovado pela Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, na redação atualmente em vigor e Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, aprovado pelo
Regulamento n.º 950/2019, disponível em:
https://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2019.pdf

6. Local de trabalho:
O trabalho será desenvolvido no Departamento de Geografia (Laboratório de Cartografia), sob a orientação científica de Teresa Sá Marques (Professora Associada da FLUP e Investigadora do CEGOT).

7. Duração da bolsa:
A bolsa terá a duração de 6 meses, eventualmente renováveis até ao final do projeto, em regime de exclusividade.

8. Valor do subsídio de manutenção mensal:
O montante da bolsa corresponde a 1074,64€/mês, conforme a tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País. O pagamento será realizado pela FLUP por transferência bancária. O/a bolseiro/a será ainda abrangido por um seguro de acidentes pessoais.

9. Métodos de seleção:
A avaliação Curricular (AC) que, caso o júri entenda necessário, poderá ser complementada por uma entrevista (E) aos candidatos mais bem classificados na AC, até ao máximo de 3 candidatos. A classificação final será obtida pela seguinte fórmula: (0,7xAC) + (0,3xE). Caso a entrevista não seja realizada, a classificação final corresponderá à classificação obtida na AC, numa escala de 0-20 pontos.

A avaliação curricular (AC) compreende cinco parâmetros:

•    Publicações na área da geografia (20%);
•    Competências em base de dados e em Sistemas de Informação Geográfica (20%);
•    Competências na análise estatística multivariada (variáveis qualitativas e quantitativas) (20%);
•    Competências na produção de cartografia temática e de infografia (20%);
•    Competências na análise de redes sociais (20%).

Os fatores de avaliação da entrevista de seleção, caso a mesma seja realizada, serão:
•    Discussão curricular (60%);
•    Competências interpessoais e motivação (40%).

Na eventualidade do/a bolseiro/a selecionado/a desistir, poderá recorrer-se à lista de ordenação final dos candidatos deste concurso para a sua substituição. Caso nenhum/a dos/as candidatos/as demonstrar possuir o perfil indicado para a realização do plano de trabalhos o júri reserva-se o direito de não atribuir a bolsa a concurso.

10. Composição do Júri de Seleção:
Presidente:
Teresa Sá Marques (Professora Associada da FLUP/CEGOT – U. Porto).
Vogais:
1.º vogal efetivo –  Miguel Saraiva (Professor Auxiliar da FLUP/CEGOT – U. Porto);
2.º vogal efetivo – Fátima Matos (Professora Auxiliar da FLUP/CEGOT – U. Porto);
1.º vogal suplente – Mário Fernandes (Professor Associado da FLUP/ CEGOT – U. Porto);
2.º vogal suplente – Hélder Marques (Professor Associado da FLUP/ CEGOT – U. Porto).

11. Forma de publicitação/notificação dos resultados:
Os resultados finais da avaliação serão divulgados através do envio da(s) ata(s) via correio eletrónico para o endereço de e-mail utilizado pelos/as candidatos/as para remessa da sua candidatura.

12. Forma de apresentação das candidaturas e prazo de candidatura:
O concurso encontra-se aberto de 10 a 23 de março de 2021 (até às 23h59, hora local).
As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através de email para o endereço  candidaturasrh@sp.up.pt, com conhecimento para teresasamarques@gmail.com, indicando no assunto a referência “FLUP | 1 BI | B2B4I”, acompanhado dos seguintes documentos de apresentação obrigatória:
a)    Carta de motivação;
b)    Curriculum Vitae em Português, com indicação expressa do nome completo;
c)    Cópia do(s) certificado(s) das habilitações exigidas;
d)     Comprovativo de matrícula em Mestrado, Doutoramento ou curso não conferente de grau (de acordo com o exigido no ponto 2 do edital);
e)    Quaisquer documentos que os candidatos entendam ser relevantes para apreciação do seu mérito.

Solicita-se que os comprovativos sejam anexados diretamente à mensagem de candidatura, sem recurso a links para plataformas/drives externas. De forma a garantir a leitura de todos os documentos o formato preferencial de gravação é o Portable Document Format (.pdf). Os ficheiros devem ser designados com o primeiro e último nome do/a candidato/a e não ultrapassar, no seu conjunto, 5 MB. Estes poderão ser comprimidos em formato .zip.

 

Anúncio no site original.