Bolsa de Investigação para Licenciado – área de Geociências

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma bolsa de investigação para Licenciado para o Projeto com a referência Coalmine- POCI-01-0145-FEDER-030138, 02-SAICT-2017, financiado pela FCT e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização nas seguintes condições:

Área Científica: Geociências

Requisitos de admissão: Ao concurso podem ser opositores candidatos/as nacionais ou internacionais que:

· Sejam titulares do grau de Licenciado em Engenharia Geográfica, Engenharia Geoespacial ou Engenharia do Ambiente;

· Estejam inscritos num curso de ensino superior conferente de grau de Mestre na área dos Sistemas de Informação Geográfica.

Serão excluídos do concurso à referida bolsa os candidatos que não satisfaçam estes requisitos.

Requisitos de contratação:

Caso o grau tenha sido conferido por instituição de ensino superior estrangeira, o mesmo tem de obedecer ao disposto no Decreto-Lei n.º 66/2018, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até à data da contração.

Condições preferenciais

Será ainda dada preferência aos candidatos com experiência em processamento de imagens de deteção remota, geoestatística e programação em ambiente SIG.

O/A candidato/a deverá declarar que está disponível para integrar o projeto em exclusividade a partir de 01 de outubro de 2020, caso seja selecionado.

Plano de trabalhos:

– Geração de produtos derivados da informação geoespacial adquiridas por sensores remotos;

– Validação e calibração da informação geoespacial adquiridas por sensores remotos;

– Aplicação e aperfeiçoamento de algoritmos de geoestatística;

– Automatização de procedimentos;

– Modelação estatística e espacial.






Legislação e regulamentação aplicável:

Decreto-Lei nº. 123/2019, de 28 de agosto (Estatuto de Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento nº 950/2019 de 29 de novembro (Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia); Decreto-Lei nº 66/2018 de 16 de agosto (Regime Jurídico de Reconhecimento de graus académicos e diplomas de Ensino Superior atribuídos por Instituições de Ensino Superior Estrangeiras)

Local de trabalho:

O trabalho será desenvolvido no Departamento de Geociências, Ambiente e Ordenamento do Território da FCUP, sob a orientação científica da Prof. Ana Cláudia Teodoro e do Prof. José Alberto Gonçalves.

Duração da bolsa:

A bolsa terá à duração de 6 meses, com início previsto em 1 outubro de 2020, sem possibilidade de renovação.

Valor do subsídio de manutenção mensal e Seguros:

1. O montante da bolsa corresponde a 798,00€ conforme tabela de valores das bolsas em vigor (tabela FCT (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores)

2. Seguro Social Voluntário: Desde que a bolsa seja de duração igual ou superior a 6 meses, e em cumprimento do disposto no artigo 10.º da Lei n.º 40/2004, o bolseiro terá direito à assunção, por parte da FCUP, dos encargos resultantes das contribuições que incidem sobre o primeiro dos escalões referidos no artigo 36º do Decreto-Lei nº 40/89, de 1 de fevereiro, correndo por conta própria o acréscimo de encargos decorrente da opção por uma base de incidência superior.

Os pagamentos serão efetuados por transferência bancária.

3. Seguro Acidentes Pessoais: Além destes subsídios, o/a bolseiro/a será abrangido por um seguro de acidentes pessoais.

Métodos de seleção:

Os métodos de seleção a utilizar serão os seguintes:

– Habilitações académicas (HA, até 10 valores):

· Licenciatura em Engenharia Geográfica, Engenharia Geoespacial ou Engenharia do Ambiente com média igual superior a 14 valores – 10 valores;

· Licenciatura em Engenharia Geográfica, Engenharia Geoespacial ou Engenharia do Ambiente com média inferior a 14 valores – 8 valores;

· Licenciatura em áreas afins – 4 valores.

– Experiência específica (Exp) (até 10 valores) nos parâmetros indicados no plano de trabalho.

A classificação final (CF), será expressa de 0 a 20 valores e calculada do seguinte modo:

CF= HA+Exp

O processo de avaliação poderá incluir, se o júri assim o entender, uma entrevista aos três primeiros classificados que se destina a avaliar a motivação dos candidatos(as). Neste caso, a entrevista terá um peso de 50% e a CF um peso de 50%.

Composição do júri de selecção:

Presidente – Professora Doutora Deolinda Maria dos Santos Flores Marcelo da Fonseca, Professora Catedrática na FCUP

1º Vogal efetivo – Professora Ana Cláudia Moreira Teodoro, Professora Auxiliar com Agregação na FCUP

2º Vogal efetivo – Professor José Alberto Gonçalves, Professor Auxiliar na FCUP

1º vogal suplente – Professora Lia Duarte, Professora Auxiliar na FCUP






Forma de publicitação/notificação dos resultados:

Os resultados finais da avaliação serão divulgados através de lista ordenada por classificação final enviada aos candidatos através de email.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas:

O prazo de apresentação de candidaturas será de 10 dias úteis a partir da data da publicação do edital. As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos:

a) Curriculum Vitae

b) Certificado de habilitações

c) Carta de motivação

d) Comprovativo de inscrição em um Mestrado na área dos Sistemas de Informação Geográfica.

As candidaturas e as cartas de recomendação deverão ser enviadas por correio eletrónico, indicando a referência do projeto no assunto, para os seguintes endereços: recrutamento@fc.up.pt com conhecimento para dflores@fc.up.pt.

O concurso encontra-se aberto de 14/08/2020 a 27/08/2020