Bolsa de investigação na área de Riscos Naturais em ambiente SIG

Encontra-se aberto um concurso para a atribuição de uma bolsa de investigação para estudantes matriculados em Mestrado na área de Riscos Naturais em ambiente SIG, no âmbito do protocolo de prestação de serviços com a Sogrape Vinhos S.A., em curso na FLUP, financiado por receitas próprias, nas seguintes condições:

1. Área (s) Científica (s): Geografia Física/Riscos Naturais

2. Requisitos de admissão:
Podem candidatar-se a esta bolsa todos os indivíduos maiores de idade detentores dos seguintes requisitos, comprovados documentalmente:

a) Matrícula em Mestrado, com conteúdos relacionados com modelação de riscos em ambiente SIG;
b) Conhecimentos em modelação de processos geomorfológicos em ambiente SIG;
c) Experiência de campo em processos naturais danosos;
d) Conhecimentos na monitorização sobre o terreno;
e) Conhecimentos em modelação estatística;
f) Conhecimentos em avaliação ambiental;
g) Formação de base em programação.

3. Condições de preferência:
a) Experiência de trabalho na área da hidrologia/geomorfologia;
b) Experiência de trabalho de modelação de processos hidrológicos e análise espacial;
c) Disponibilidade para estar ausente da área de residência durante a execução dos trabalhos sobre o terreno.

4. Plano de trabalhos:
As principais tarefas a desempenhar no âmbito da bolsa serão:
a) Montagem de esquema experimental e monitorização de processos hidro/geomorfológicos sobre o terreno em áreas agrícolas (Douro);
b) Programação de sensores de humidade de esquema experimental em C++;
c) Executar trabalhos de registo e inventário de instabilidade de vertentes sobre o terreno e remotamente;
d) Participação na construção e utilização de estrutura de experimentação e monitorização de instabilidade de vertentes em laboratório;
e) Construção e validação de modelos preditivos sobre instabilidade de vertentes e ravinamento;
f) Redação de artigo científico / dissertação;
g) Participação com apresentações em conferência e encontro científico.






5. Legislação e regulamentação aplicável:
Estatuto do Bolseiro de Investigação, aprovado pela Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, na redação atualmente em vigor e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, aprovado pelo Regulamento n.º 950/2019, disponível em:
https://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2019.pdf .

6. Local de trabalho:
O trabalho será desenvolvido no Laboratório de Geografia Física do Departamento de Geografia da FLUP, sob a orientação científica de Carlos Bateira (Professor Associado da FLUP).

7. Duração da bolsa:
A bolsa terá a duração de 16 meses (eventualmente renováveis), em regime de exclusividade.

8. Valor do subsídio de manutenção mensal:
O montante da bolsa corresponde a 798,00€, conforme a tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País. O pagamento será realizado pela FLUP por transferência bancária. Além deste subsídio, o/a bolseiro/a será abrangido por um seguro de acidentes pessoais.

9. Métodos de seleção:
Avaliação curricular (AC) e, caso o júri entenda necessário, entrevista de seleção (E) aos/às 3 primeiros/as candidatos/as melhor classificados/as na AC. A classificação final será obtida pela seguinte fórmula: 0,7 x AC + 0,3 x E, numa escala de 0 a 20 pontos. Não havendo entrevista, a classificação final será igual à obtida na AC.

A avaliação curricular será efetuada com base nos seguintes fatores de avaliação e critérios de ponderação:

a) Média das classificações obtidas nas unidades curriculares com aprovação no 1.º ano do mestrado que frequenta (20%) (*1) (*2) ;
b) Conhecimentos demonstrados com base nos trabalhos efetuados no âmbito dos temas relacionados com os requisitos de admissão, condições de preferência e experiência exterior ao ambiente escolar (80%).

(*1) Os/as candidatos/as que não apresentarem comprovativo das classificações obtidas nas unidades curriculares com aprovação, em sede de candidatura, não poderão ser avaliados/as neste critério.
(*2) Os/as candidatos/as que apresentarem, em sede de candidatura, comprovativo das classificações obtidas nas unidades curriculares com aprovação em mestrados em curso no estrangeiro, mas que não se encontrem devidamente reconhecidas e convertidas para a escala de classificação portuguesa, serão pontuados/as com a classificação de 10 pontos em 20.

Os fatores de avaliação da entrevista de seleção, caso a mesma venha a ser realizada, serão:

a) Motivação e capacidade de apresentar soluções para problemas específicos (50%);
b) Apresentação de experiências anteriores, problemas e resultados obtidos (50%).

Na eventualidade do/a bolseiro/a selecionado/a desistir, poderá recorrer-se à lista de ordenação final dos candidatos deste concurso para a sua substituição. Caso nenhum dos candidatos demonstre possuir o perfil indicado para a realização do plano de trabalhos o júri reserva-se o direito de não atribuir a bolsa a concurso.






10. Composição do Júri de Seleção:

Presidente – Professor Doutor Carlos Valdir de Meneses Bateira, Professor Associado da FLUP;
1.º vogal efetivo – Professor Doutor José Augusto Alves Teixeira, Professor Auxiliar da FLUP;
2.ª vogal efetiva – Professora Doutora Helena Cristina Fernandes Ferreira Madureira, Professora Auxiliar da FLUP;
1.ª vogal suplente – Professora Doutora Elsa Maria Teixeira Pacheco, Professora Associada da FLUP,
2.ª vogal suplente – Professora Doutora Laura Maria Pinheiro de Machado Soares, Professora Auxiliar da FLUP.

11. Forma de publicitação/notificação dos resultados:
Os resultados finais da avaliação serão divulgados através do envio da(s) ata(s) via correio eletrónico indicado pelos/as candidatos/as no seu Curriculum Vitae.

12. Forma de apresentação das candidaturas e prazo de candidatura:
O concurso encontra-se aberto de 09 a 25 de junho de 2020 (até às 23h59, hora local).
As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através de email para o endereço candidaturasrh@sp.up.pt, com conhecimento para cbateira@letras.up.pt, indicando no assunto a referência “FLUP | 1 BI | SER107 (2020)”, acompanhado dos seguintes documentos:

a) Carta de motivação;
b) Curriculum vitae, com indicação do nome e morada completos;
c) Comprovativo de matrícula em Mestrado e das respetivas classificações obtidas nas unidades curriculares concluídas;
d) Comprovativos da experiência exigida;
e) Quaisquer documentos que os/as candidatos/as entendam ser relevantes para apreciação do seu mérito.

Os comprovativos devem ser anexados diretamente à mensagem de candidatura, sem recurso a links para plataformas/drives externas. De forma a garantir a leitura de todos os documentos o formato preferencial de gravação é o Portable Document Format (.pdf). Os ficheiros devem ser designados com o primeiro e último nome do/a candidato/a e não ultrapassar, no seu conjunto, 5 MB. Estes poderão ser comprimidos em formato .zip.

Consultar anúncio no site original