Bolsa de investigação no âmbito do projecto STePP, desenvolvido LabNT da NOVA IMS

Encontra-se aberto um (1) concurso para atribuição de uma (1) Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia para Licenciados (BGCT Lic), no âmbito do projeto STePP, desenvolvidos pelo Laboratório de Novas Tecnologias (LabNT) da NOVA IMS.

1. Áreas científicas (por ordem de preferência): a. Para a BGTC Lic: i. Ciências Sociais e Humanidades – Ambiente, Território e População; ii. Ciências Exatas e da Engenharia – Engenharia Informática; iii. Ciências Naturais e do Ambiente – Geociências.

2. Âmbito do trabalho: a. Pretende-se que o bolseiro selecionado execute serviços técnicos especializados no sector dos transportes através da realização de diversos Estudos, Mapas e Relatórios; b. Este técnico especializado em Sistemas de Informação Geográfica (SIG) irá garantir suporte técnico e formação especializada a utilizadores do STePP; c. Pretende-se que o bolseiro selecionado seja responsável pelo desenvolvimento e implementação de algumas funcionalidades das aplicações do ecossistema STePP, bem como a manipulação de bases de dados; d. Deverá ainda redigir artigos científicos, realizar relatórios técnicos e financeiros de monitorização do projeto; e. Organização de documentação científica. Todas as atividades serão coordenadas pelo Professor Doutor Marco Painho (NOVA IMS) e pelo Dr. Tiago H. Moreira de Oliveira (NOVA IMS).

3. Destinatários e Requisitos: a. Licenciatura em áreas relacionadas com Geografia e Planeamento Regional; Geografia; Engenharia do Ambiente; Ciência e Tecnologia da Programação; Engenharia de Software e Sistemas de Informação; Sistemas e Tecnologias de Informação; Gestão de Informação; Sistemas Inteligentes, Interação e Multimédia. Mestres poderão também ser admissíveis a concurso. b. Preferência em candidatos com experiência comprovada em Sistemas de Informação Geográfica. c. Formação e/ou experiência numa ou mais das áreas abaixo: i. Conhecimentos sólidos em Sistemas de Informação Geográfica. ii. Domínio em software SIG: ArcGIS for Desktop, Quantum GIS, Microstation, Geomedia; iii. Produção de cartografia temática; iv. Participação comprovada em projetos de cariz internacional; v. Experiência em help desk e assistência remota; vi. Experiência na realização de guias de apoio e manuais de utilizador; vii. Redação de Publicações académicas relevantes; viii. Conhecimentos em bases de dados relacionais (como por exemplo, PostgresSQL e MS SQL Server); ix. Conhecimentos em tecnologias de programação, designadamente: Javascript, PhP e Python.

4. Instituição de acolhimento: O trabalho será desenvolvido nas instalações do Laboratório de Novas Tecnologias, na NOVA IMS da Universidade Nova de Lisboa, em Lisboa.





 


5. Duração da Bolsa de Investigação: doze (12) meses para a BGCT Lic.

6. Condições financeiras: a. Conforme tabela correspondente da FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia, disponível em https://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores : i. Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia para Licenciados 745 € a 1.245 €; no caso de candidatos Mestres, 980 € a 1.480 € b. Pagamento mensal através de transferência bancária; c. Ao valor de cada bolsa acresce o seguro social voluntário (SSV) correspondente, bem como o seguro de acidentes pessoais.

7. Contratos: os contratos dos bolseiros serão celebrados de acordo com o preceituado na Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, e demais legislação aplicável, disponível em: http://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2015 .

8. Relatório final: cada bolseiro deverá elaborar individualmente um relatório final, em colaboração com o orientador, explicitando as metodologias e os resultados alcançados. O relatório deve ser entregue em suporte digital e em papel e deve integrar o sistema de informação desenvolvido no âmbito do projeto. A avaliação do relatório atenderá à descrição das atividades desenvolvidas pelo bolseiro e o relatório poderá estar enquadrado na preparação de uma tese de mestrado ou de doutoramento se isso for do interesse de ambas as partes.

9. Elementos de candidatura: O processo de candidatura deverá incluir obrigatoriamente: a. Indicação da Bolsa que se está a candidatar BGCT Lic; b. Carta de apresentação que deverá conter as motivações do candidato; c. Curriculum vitae Europass; d. Certificados dos graus académicos que possui; e. Uma (1) Carta de Recomendação; f. Uma (1) ligação (link) a uma aplicação informática Web desenvolvida pelo candidato (se aplicável); g. O candidato poderá ainda adicionar outros elementos que considere relevantes para apreciação da sua candidatura. Os candidatos que não apresentarem os elementos de candidatura considerados obrigatórios, serão excluídos do concurso.

10. Formalização das candidaturas: a. As candidaturas deverão ser dirigidas ao cuidado do Coordenador Executivo do Laboratório de Novas Tecnologias, o Dr. Tiago H. Moreira de Oliveira. b. As candidaturas devem ser enviadas no máximo até às 20h00 do dia em que termina o prazo de candidatura, podendo ser enviadas de duas formas distintas: i. Por correio com aviso de receção, para o seguinte endereço: A/C Dr. Tiago H. Moreira de Oliveira NOVA IMS, Campus de Campolide 1070-312 Lisboa, Portugal ii. Por correio eletrónico com aviso de receção e leitura, sendo o assunto do email BGCT Lic, consoante o tipo de bolsa a que concorre, devendo ser enviado para tiago.oliveira@novaims.unl.pt c. Apenas serão consideradas as candidaturas enviadas pelas vias acima mencionadas.

11. Data de publicação do presente anúncio: 28 de maio de 2020.

12. Prazo de candidatura: 10 dias úteis após a publicação do presente anúncio, a 15 de junho de 2020.


 





13. Divulgação dos resultados: os resultados da avaliação dos candidatos, através de uma lista ordenada por nota final obtida, serão divulgados no sítio da NOVA IMS na Internet (http://www.novaims.unl.pt/) até 30 dias úteis após o termo do prazo de candidatura, assim como através de uma notificação por email a todos os candidatos.

14. Critérios de seleção e avaliação: a. Serão utilizados os seguintes métodos de seleção: i. Avaliação curricular (50%): 1. Média e relevância do percurso escolar/académico, designadamente na Licenciatura (25%); 2. Experiência profissional e sua relevância para execução das atividades propostas (25%). ii. Entrevista (50%). 1. NOTA 1: serão somente admitidos a entrevista os candidatos com uma classificação superior ou igual a 40% na componente de avaliação curricular. 2. NOTA 2: durante o processo de seleção, poderá ser solicitado ao candidato a realização de uma prova de conhecimentos na área da programação, referente às linguagens solicitadas.

15. Composição do júri de avaliação: O júri para a avaliação dos candidatos é constituído por: a. Ana Cristina Marinho da Costa; b. Marco Octávio Trindade Painho; c. Tiago H. Moreira de Oliveira O Presidente do Júri, Marco Octávio Trindade Painho

Número de vagas: 1

Tipo de contrato: A definir

País: Portugal

Localidade: Lisboa

Instituição de acolhimento: NOVA IMS

Instituição de contacto: Universidade Nova de Lisboa – Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação – ISEGI

Endereço:
Campus de Campolide
Lisboa – 1070-312
Portugal

Email: rh@isegi.unl.pt

Website: http://www.novaims.unl.pt/

Anúncio no site original.